Semana na política: Ricardo Barros, CPI e BC
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) anunciou o cronograma proposto para a CPI da COVID. Se aprovado esse roteiro, as testemunhas serão convocadas para depor já na próxima semana.

Os convocados serão ouvidos em ordem cronológica, sendo na terça-feira (4) os ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich. No dia seguinte deve ser ouvido Eduardo Pazuello.

Na quinta, o presidente da Anvisa e o atual ministro da saúde, Marcelo Queiroga. Por fim, na semana seguinte será ouvido na semana seguinte o ex secretário de comunicação do governo, Fábio Wajngarten.