Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgou levantamento do Índice Nacional de Custo da Construção-M (INCC-M) com inflação de 0,95% em abril. A porcentagem caiu 1,1% em relação ao mês passado. Com o resultado, o índice acumula 5,03% no ano e 12,82%, em 12 meses.

De acordo com a pesquisa do INCC, calculada com base em preços coletados em sete capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Porto Alegre, a queda da inflação neste mês se deu por causa dos materiais e equipamentos, que tiveram variação de preços de 2,17% em abril, abaixo dos 4,44% de março.

Além disso, os serviços e mão de obra passaram de 0,69% em março para 0,52% em abril e 0,28% para 0,01% no período, respectivamente.

Índice de confiança

O Índice de Confiança da Construção (ICST) avalia a percepção de empresários em relação ao cenário atual e perspectivas do setor. No último levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas, o índice registrou queda de 3,5 pontos de março para abril e atingiu 84,3 pontos. Esse foi o menor nível registrado pelo indicador desde julho de 2020 e a quarta queda consecutiva. Com esses números, o ICST retornou ao patamar pré-pandemia de covid-19.

Já o Nível de Utilização da Capacidade Instalada da construção subiu 5,3 pontos percentuais indo para 77,1%. Enquanto o Índice de Expectativas, que avalia a percepção dos empresários sobre o futuro, cedeu 4 pontos e foi para 86 pontos.