Servidor da Fiocruz prepara vacina de Oxford/AstraZeneca para a primeira aplicação no Brasil. Foto: Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Mais de 5 milhões de doses da vacina CoronaVac, contra a covid-19, já começaram a ser produzidas pelo Instituto Butantan. Na última segunda-feira (19), a instituição recebeu 3 mil litros de insumo farmacêutico ativo (IFA), enviados da China, para que o imunizante seja produzido no Brasil. 

De acordo com o instituto, a produção das vacinas acontece de forma ininterrupta, 24 horas por dia, durante todos os dias da semana, de uma forma de produção automatizada. Na fábrica do Butantan, a vacina é envasada, rotulada e passa por inspeções de qualidade.

Já foram fornecidas 41,4 milhões de doses da CoronaVac para serem aplicadas em todo o país desde janeiro. 

Para as próximas semanas, o Butantan informou que espera receber mais um carregamento com 3 mil litros de IFA, que permitirão a produção de mais 5 milhões de doses. O material aguarda autorização para ser embarcado para o Brasil.