Foto: Frente Nacional de Prefeitos.

Integrantes da diretoria da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar) participaram da primeira reunião com o atual presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pachecho (DEM-MG). Entre outros assuntos, os líderes locais destacaram a dificuldade para a aquisição de novas doses da vacina contra a covid-19 e pediram ajuda à casa legislativa para sanar o problema.

De acordo com Marta Suplicy, secretária municipal de Relações Internacionais da prefeitura de São Paulo, não há mais vacinas disponíveis para a compra, e, por isso, será preciso que o Senado auxilie os prefeitos a solicitarem ajuda de órgãos internacionais.

“Só podemos contar com as vacinas que já temos, e temos pressa. O caminho agora é a parceria com a OPAS e estreitar o diálogo com os EUA para que possamos entrar na lista de distribuição das vacinas que eles têm. Deverá ser uma relação que transcende governos e deve ser vista como ação humanitária”, disse a secretária.

Além da contribuição, os prefeitos destacaram a importância da participação dos municípios no Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19, instituído no dia 26 de março pelo presidente Jair Bolsonaro.

Segundo Jonas Donizette, presidente da FNP, dois prefeitos poderiam representar as cidades nas discussões do grupo para contribuir na definição de medidas de enfrentamento à pandemia. “Seria um prefeito de capital e outro que represente as médias e grandes cidades. A ideia é ajudar, somar, como é o propósito também do Consórcio Conectar, que a FNP liderou”, disse.

Na visão de Gean Loureiro, prefeito de Florianópolis e presidente do CONECTAR, “a ideia não é fazer oposição ao governo Federal, mas somar esforços para acelerar o processo de vacinação”.

Na visão de Pacheco, a proposta de união do consórcio é fundamental no cenário atual e dialoga coerentemente com o conceito do Comitê. “Não há nada pior nesse momento que a desarticulação. Esta é uma ideia absolutamente razoável”, afirmou.

Senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG).
Foto: Beto Barata/Agência Senado

O presidente do Senado ainda elogiou a atuação da Frente no cenário da imunização. “Deixo meu cumprimento pela belíssima iniciativa da FNP de criar um consórcio nacional de vacinas das cidades brasileiras, o Conectar. Contem com o Congresso Nacional. Essa soma de esforços, essa união de entes federados, de personagens da política, é o que fará esse enfrentamento da pandemia ser eficiente”, disse.