Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

A pesquisa XP/Ipespe divulgada hoje (12) sobre a sucessão de 2022 mostra que o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula (PT) estão tecnicamente empatados. Bolsonaro aparece com 27% das intenções de voto. Lula está com 25%. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Na terceira posição está o ex-ministro Sergio Moro (10%), tecnicamente empatado com o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que tem 9%. O apresentador da TV Globo, Luciano Huck, soma 6%. O governador de São Paulo (SP), João Doria (PSDB), João Amoêdo (Novo) e Guilherme Boulos (PSOL) têm 3% das intenções de voto. O ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM) soma 2%. Brancos, nulos e indecisos são 13%.

Em outro cenário, com o candidato do PT sendo o ex-prefeito Fernando Haddad, o cenário muda. Bolsonaro, nessa simulação, lidera com 28%. Haddad (11%), Moro (11%) e Ciro (11%) estão tecnicamente empatados em segundo lugar. Em seguida aparecem Huck (7%), Boulos (6%), Doria (4%), Mandetta (3%) e Amoêdo (3%). Brancos, nulos e indecisos somam 17%.

Bolsonaro empata com Lula, Haddad, Moro e Ciro nas simulações de 2º turno

Nas simulações de segundo turno, Jair Bolsonaro aparece tecnicamente empatado com Lula (41% a 40%). Bolsonaro também empata com Haddad no limite da margem de erro (40% a 36%). No embate Bolsonaro x Moro, também ocorre empate técnico (34% a 31% em favor do ex-ministro).

Bolsonaro também aparece tecnicamente empatado com Ciro (39% a 37%). Hoje, Jair Bolsonaro venceria Luciano Huck (37% a 32%), Guilherme Boulos (40% a 30%) e João Doria (39% a 29%).

Em relação à avaliação do governo Jair Bolsonaro, 45% consideram a gestão ruim/péssima, três pontos a mais que o registro na sondagem anterior. A avaliação positiva (ótimo/bom), por outro lado, oscilou de 31% para 30%. E 24% avaliam o governo regular.