Foto: Ascom/Sinagências

O secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal, Wagner Lenhart, anunciou nesta sexta-feira (12) sua saída do Ministério da Economia. Lenhart atuou no governo Jair Bolsonaro desde o início da gestão, em 2019, mas decidiu se desligar do órgão alegando motivos pessoaisCom sua saída, Leonardo José Mattos Sultaniex secretário adjunto da pasta, assumirá o cargo. 

“Comunico meu pedido de exoneração do cargo de Secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia. Com a proximidade do nascimento do meu primeiro filho e o início de um novo ciclo pessoal e profissional, entendo que é o momento de fazer a sucessão na Secretaria”, afirmou.  

O secretario participou, até então, da organização da reforma administrativa. Para ele, o projeto é fundamental para o avanço da administração pública. “O projeto até aqui realizado continua, em especial, a reforma administrativa. Nossa gestão sempre considerou fundamental repensar a administração pública, propondo um modelo mais digital, moderno e focado no cidadão.  

Fachada do Ministério da economia na Esplanada dos Ministérios. Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

Em setembro de 2020, Lenhart concedeu uma entrevista à Arko Advice e afirmou que a reforma na malha administrativa brasileira não deve atingir os atuais servidores.  

“O presidente Bolsonaro foi bastante claro, inclusive nas conversas que tivemos para construir a proposta. Ele já tinha passado essa diretriz de cuidado, atenção e respeito a uma expectativa que os servidores já tinham criado quando fizeram o concurso público. Então o governo defende a garantia dos direitos dessas pessoas como eles estão hoje”, afirmou. 

No entanto, disse ser imprescindível que a reforma signifique uma mudança relevante para o Brasil. “Eu tenho comentado que pra mim é muito claro que esse movimento de transformação da administração pública não pode ser um projeto de um governo só, precisa ser um projeto de país. A reforma administrativa é só o começo”, concluiu.

Confira e entrevista completa