Foto: Shutterstock/iStock

Os preços da gasolina e do diesel vão subir mais uma vez nas refinarias, a partir de terça-feira (9/3). A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (8/3) que o valor médio de venda da gasolina passará a ser de R$ 2,84 por litro, alta de R$ 0,23 por litro, enquanto o diesel passará para R$ 2,86 por litro, aumento de R$ 0,15 por litro.

Essa é a sexta alta do ano no preço da gasolina, e a quinta no valor do litro do diesel. Desde o início deste ano, a gasolina acumula aumento de 54% nas refinarias, enquanto o diesel teve alta de 41,6%. Em dezembro, o litro da gasolina custava em média R$ 1,84 e o do diesel era vendido a R$ 2,02.

Em nota, a Petrobras explicou à Arko Advice que o alinhamento dos preços ao mercado internacional é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga sendo suprido, sem riscos de desabastecimento, pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros refinadores, além da Petrobras. “Esse mesmo equilíbrio competitivo é responsável pelas reduções de preços quando a oferta cresce no mercado internacional, como ocorrido ao longo de 2020.”

Os contínuos reajustes da Petrobras não tem agradado o presidente Jair Bolsonaro, que indicou o general Joaquim Silva e Luna para substituir o atual presidente Roberto Castello Branco do comando da estatal. A troca dos comandantes impactou nas ações da companhia, que chegou a perder R$ 75 bilhões em valor de mercado em um só dia.