Foto: Lukasz Cynalews/Agência Gazeta

Dados preliminares de pesquisa feita pela Oxford/AstraZeneca indicam que a vacina contra a COVID-19 é eficaz contra a variante do coronavírus de Manaus. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (5). Desta maneira, até o momento, não será necessário fazer adaptações à vacina para que ela seja segura contra a variante conhecida como P1.

 

 

A P1 foi primeiro identificada em Manaus e tem se mostrado mais transmissível que cepas anteriores. Os resultados definitivos do estudo devem ser ainda no mês de março. Até o momento, 4 milhões de doses da vacina da Oxford/AstraZeneca estão sendo aplicadas no Brasil pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde.