“O que o Supremo fez com a Câmara dos Deputados [ao decretarem prisão do deputado Daniel Silveira] foi mais do que adequado (…) foi um freio de arrumação”, afirmou o ex-Presidente Michel Temer na live semanal da Arko Advice, Política Brasileira, no último domingo (28). O evento contou com a participação do cientista político e analista da Arko, Lucas Aragão.

Daniel Silveira (PSL-RJ) foi preso em 16 de fevereiro, após publicar vídeo onde faz críticas aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e defende o Ato Institucional n°5 (AI-5). Na ocasião, Silveira questionou a legalidade da prisão. De acordo com a Constituição Brasileira de 1988, parlamentares têm direito de expressão inviolável garantida pela Imunidade Parlamentar. Temer disse que, mesmo que Daniel Silveira tenha a liberdade como deputado, opiniões exageradas e personalistas, ou seja, voltadas pessoalmente aos ministros do STF, são inadequadas.

Temer também comentou sobre a relação de seu partido, o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), com a agenda econômica do governo federal. Segundo ele, mesmo após perder a eleição para Arthur Lira (PP) na presidência da Câmara dos Deputados, o deputado Baleia Rossi, que é presidente nacional da sigla, seguirá apoiando os assuntos econômicos da atual gestão.

Saiba mais:

“O MDB sempre apoiou as teses do governo (…) e seguramente continuará na mesma direção das medidas econômicas que forem apresentadas, ou seja, apoiará o que for de interesse do país”.

Arko Academy

Por fim, o ex-presidente Michel Temer falou sobre sua nova parceria com a Arko Advice, a Arko Academy – nova plataforma educacional do grupo. Temer será professor do curso “Política, Governo e Constituição”, que abordará como funciona o sistema político brasileiro. “Abordamos, de forma muito didática, o funcionamento das instituições do nosso país. É um curso para todo e qualquer brasileiro que queira conhecer melhor o Brasil”.

Saiba mais: https://arkoadvice.com.br/arko-academy/