Presidente da República Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR

A pesquisa Exame/Ideia Big Data divulgada nesta sexta-feira (26) aponta que a avaliação positiva (ótimo/bom) do governo é de 30%, um ponto percentual abaixo do registrado em 12 de fevereiro. A avaliação negativa (ruim/péssimo), por outro lado, atingiu 43%, mesmo índice da sondagem anterior. O percentual que considera que o governo regular é de 25%, praticamente o mesmo captado no levantamento passado (24%).

40% discordam do decreto de armas

Segundo a sondagem, a maioria dos entrevistados (40%) discorda do decreto do presidente Jair Bolsonaro que facilita a compra de armas e munições para o cidadão comum. 27% dos entrevistados concordam com o decreto presidencial e 32% não concordam nem discordam da medida.

53% querem auxílio de R$ 600,00

Questionados sobre o valor que o governo deveria pagar no auxílio emergencial, 53% defendem R$ 600,00 por mês. 19% citaram o valor de R$ 300,00. 10% citaram o valor de R$ 200,00. E apenas 8% respondeu R$ 250,00, valor definido pelo governo.