Foto: Divulgação Eletrobrás

O governo federal espera conseguir arrecadar pelo menos R$ 25 bilhões com a privatização da Eletrobrás, e esperar concluir a operação até dezembro deste ano. O valor esperado é maior que os R$ 16,2 bilhões iniciais com os quais o governo contava. A informação é do jornal Estado de S. Paulo.

A mudança na expectativa se deu porque a medida provisória (MP) enviada ao Congresso Nacional na terça-feira (23) incluiu a possibilidade de renovação antecipada da hidrelétrica de Tucuruí. A usina tem 4 mil megawatts médios de garantia física e sua concessão vencerá em 2024.

De acordo com o secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord, disse que o valor que o Tesouro arrecadará, e que deve ser injetado na CDE ainda poderão ser alterados pelo Ministério de Minas e Energia. No entanto, o secretário garantiu que não ocorrerá de uma única vez.