Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) aceitou a denúncia contra o governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC). Witzel agora se tornou réu junto à Justiça por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O STJ também aprovou a manutenção do afastamento de Witzel do cargo de governador por mais um ano.

Witzel está afastado do governo do estado desde agosto de 2020. Além disso, permanecerá proibido de frequentar a sede do Poder Executivo, morar no Palácio Laranjeiras, resid~encia oficial do governo estadual, e manter contato com servidores.

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou denúncia contra Witzel em 16 de dezembro e apontou que o político criou uma “rachadinha” de repasses do Fundo Estadual de Saúde para desviar dinheiro público.