Brasília - O Banco do Brasil vai fechar agências bancárias, ampliar o atendimento digital, lançar um plano de aposentadoria incentivada e propor redução de jornada de trabalho para parte dos funcionários (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Funcionários do Banco do Brasil optaram por paralisar suas atividades nesta quarta-feira (10). Decisão foi tomada em assembleia virtual e informado no site do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

Segundo o BB, 87% dos funcionários decidiram começar o estado de greve. O principal motivo é atuar contra o plano de reestruturação que prevê o fechamento de unidades, desligamento de profissionais e descomissionamento de funções. Segundo a dirigente fiscal e bancária Adriana Ferreira, “os funcionários exigem negociação e transparência”.

O plano de restruturação do BB objetiva a digitalização bancária. As mudanças devem ter a adesão de 5 mil funcionários ao programa de demissão voluntária e fechar 361 unidades.