Ato Simbólico de Assinatura de Declaração Conjunta com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco e Presidente da Câmara, dep. Arthur Lira (PP - AL). Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Os presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) estão com a expectativa de aprovar a reforma tributária nas duas Casas entre agosto e outubro deste ano. Lira e Pacheco pediram que o relator, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) apresente o parecer na comissão mista até o fim de fevereiro.

Após passar pela comissão mista, Pacheco e Lira definirão por qual Casa a reforma começará a tramitar. Lira destacou que “não vai haver briga por protagonismo das duas casas na agenda de reformas”. Segundo o presidente da Câmara, a preocupação é “entregar essas reformas para o Brasil”.

Outros focos para os chefes do Legislativo são a reforma administrativa e a PEC Emergencial.