Yoshihide Suga, primeiro-ministro do Japão | Foto: Fórum Econômico Mundial / Pascal Bitz

O primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, anunciou nesta terça-feira (2) que o estado de emergência no país será prorrogado até 7 de março. O estado foi declarado em dez regiões do país, incluindo Tóquio.

O estado entrou em vigor em 8 de janeiro e estava previsto para terminar no próximo dia 7 de fevereiro. Segundo Suga, “embora o número de novas infecções no Japão esteja em tendência decrescente, é necessário continuar com essa tendência e reduzir o número de pacientes hospitalizados e gravemente doentes”.

Olimpíadas

A cidade de Tóquio receberá os Jogos Olímpicos 2020 em julho. O evento foi adiado devido à pandemia da COVID-19. O presidente do Comitê Organizador Local, Yoshiro Mori, disse na terça-feira (2) que os jogos irão acontecer “independentemente da evolução da pandemia”.

Os chefes locais se dizem determinados a realizar o evento, como um símbolo de esperança e coragem. Mori disse que “devemos ir além da discussão sobre se vamos organizar ou não. É sobre como vamos fazer. Vamos pensar em um novo tipo de Olimpíada para esta ocasião”.