O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta segunda-feira (1) que aprovou a devolução antecipada de R$ 38 bilhões em dívidas ao Tesouro Nacional. Pagamento se dará nas próximas semanas.

A aprovação segue a sequência de amortizações antecipadas de dívidas com a União que vêm sendo implementadas desde 2016, levando em consideração o planejamento financeiro e a governança do BNDES, fundamentada em análises de liquidez, fluxo de caixa, riscos e jurídica.

O saldo remanescente das dívidas (antes do presente pagamento) entre o BNDES e o Tesouro é de aproximadamente R$ 160 bilhões, além do instrumento especial de capital próprio (IECP) no montante de R$ 36 bilhões.