Foto: Sérgio Lima/Poder 360

Segundo estudo do Lowy Institute, da Austrália, o Brasil foi o pior país do mundo na administração do combate à pandemia da COVID-19. A Nova Zelândia, que praticamente erradicou o vírus ao realizar fechamentos de fronteiras, rastreamento de contágios e testes, foi considerado o melhor.

O levantamento foi feito pelo Lowy Institute e divulgado nesta quinta-feira (28). Quase 100 países foram analisados com base em seis critérios, como casos confirmados e capacidade de detecção da doença.

Junto à Nova Zelândia, os países que mais bem lidaram com a pandemia foram Vietnã, Taiwan, Tailândia, Chipre, Ruanda, Islândia, Austrália e Letônia. Os piores, além do Brasil, são México, Colômbia, Irã e Estados Unidos.