Vacinação na aldeia indígena Umariaçu, próximo a Tabatinga, Amazonas.

O governo de São Paulo anunciou nesta terça-feira (26) que insumos para a produção da vacina CoronaVac chegarão ao Brasil dia 3 de fevereiro. Segundo o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, em 20 dias serão produzidas cerca de 8,6 milhões de doses do imunizante.

Segundo Covas, outra remessa de insumos estão em processo avançado de liberação pelo governo chinês. A expectativa do Butantan é receber até abril o total de insumo para a produção das demais 40 milhões de doses que foram adquiridas.

Covas também anunciou que existe a possibilidade do instituto receber um aporte adicional de doses, mas que a negociação depende da manifestação do Ministério da Saúde.