Foto: Divulgação/Harvard

Segundo balanço da Universidade Johns Hopkins, divulgado nesta sexta-feira (15), o número de mortos por COVID-19 no mundo passou de 2 milhões. A universidade registrou também cerca de 93,36 milhões de infectados.

Os Estados Unidos são o país mais atingido pela pandemia. São quase 390 mil mortos. O Brasil está em segundo lugar, com mais de 207 mil. A Índia está em terceiro.

Segundo o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, “o impacto mortla da pandemia foi ainda pior por causa da falta de um esforço global coordenado”. Gueterres disse ainda que “vacinas seguras e eficientes contra a COVID-19 estão sendo distribuídas, e a ONU apoia os países a se mobilizarem no maior esforço global de imunização na história.