Vacina
Foto: Osnei Restio/Prefeitura de Nova Odessa

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, disse que a vacinação contra a COVID-19 no Brasil inicialmente se dará com 8 milhões de doses. Esta quantidade inclui as duas milhões de vacinas da Oxford/AstraZeneca, que deverão chegar no sábado (16), e as 6 milhões da CoronaVac.

Franco também disse nesta quarta-feira (13) que a imunização começará nas capitais, e se estenderá às demais cidades à medida em que mais doses chegarem. Os primeiros a receber a vacina, segundo a pasta, serão idosos, profissionais da saúde e a população indígena.

De acordo com o Ministério, a estimativa é que serão necessárias pelo menos 31,2 milhões de doses para completar a 1ª fase de vacinação do grupo prioritário. Segundo Pazuello, a vacinação começará ainda no mês de janeiro, até 5 dias depois de algum imunizante obter a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).