Manifestação no município de Itápolis. Foto: Sindicato Rural de Itápolis

O anúncio de ontem (6) do governador João Doria (PSDB) de que não haveria aumento do ICMS não foi suficiente para que as entidades de produtores rurais cancelassem o tratoraço marcado para esta quinta-feira (7). Em diversas cidades paulistas, os produtores já estão nas ruas em carreatas.

“O governo do Estado atendeu parte das propostas do agronegócio, mas outros pleitos importantes ficaram de fora: energia elétrica, leite pasteurizado e hortifrutigranjeiros, esses dois últimos fundamentais nas cestas básicas”, afirmou a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp), em comunicado.

De acordo com a Faesp, as ações estão ocorrendo dentro das cidades, em pontos que não prejudiquem a população. No total, aderiram 106 sindicatos e associações de produtores em um total de 500 municípios. Ainda não há previsão de uma nova reunião com o Governo de São Paulo para discutir a pauta.