Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O mercado reduziu as projeções para a taxa básica de juros (Selic) e para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2021. A expectativa atual é que a Selic encerre a 3% e chegue a 4,5% ao fim de 2022. As projeções da semana anterior eram que a taxa básico de juros se encerraria a 3,13%.

Já o PIB deve registrar uma contração de 4,36% em 2020. Antes, a queda estava projetada para 4,4%. Quanto ao ano de 2021, o crescimento do PIB está estimado em 3,4%. Para 2022, o número deve ser de 2,5%. As informações foram apresentadas no Boletim Focus, divulgada pelo Banco Central (BC) nesta segunda-feira (4).

O BC também baixou de 4,39% para 4,38% a estimada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2020. O índice tem como objetivo medir a inflação de um conjunto de produtos e serviços comercializados no varejo, referentes ao consumo pessoal das famílias. A projeção para 2021 foi reduzida também, de 3,34% para 3,2%.

Ainda segundo o Boletim Focus, a cotação do dólar para 2021 está mantida em R$ 5,00. Para 2022, o valor está estimado em 4,50.