Vacina
Foto: Osnei Restio/Prefeitura de Nova Odessa

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), cobrou do governo uma posição mais clara sobre o programa de imunização da população brasileira em relação às vacinas para combater a pandemia da Covid-19. Ele lembrou que o Supremo Tribunal Federal deve decidir sobre a obrigatoriedade da vacina na próxima semana e disse que a Câmara também vai cumprir o seu papel nesse tema. “Vamos tomar uma decisão”, afirmou o presidente da Câmara.

Em entrevista à Globonews nesta segunda-feira (7), Maia disse que é preciso encontrar um caminho para que a Câmara não tome uma decisão isolada das decisões do governo. Maia informou que já solicitou aos parlamentares para construir um texto que dê segurança à sociedade brasileira em relação à imunização.

“O governo vai perder o controle desse assunto na sociedade. Quem tem condições vai para o Chile, vai para Portugal, vai para Londres. Quem não tem vai ficar sem uma vacina. O importante seria tomar uma decisão em conjunto. A sociedade não quer saber qual vacina, mas uma vacina confiável e aprovada pela Anvisa. Esse tema, talvez, seja o tema mais perigoso para o governo que pode desorganizar sua base”, ponderou Maia.

Fonte: Agência Câmara de Notícias