Deputado Marcelo Ramos (PL-AM). Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O vice-líder do PL, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), desistiu de concorrer à presidência da Câmara dos Deputados, e optou por seguir a decisão do seu partido e apoiar a candidatura de Arthur Lira (PP-AL), líder do centrão governista.

Ramos tem bom relacionamento entre os dois principais grupos que disputam o poder na Casa, que é o grupo de Rodrigo Maia e o de Arthur Lira. Por isso, corria por fora na disputa do comando da Câmara.

Entretanto, vale ressaltar que, os líderes partidários têm um alto poder de coação e de controle das bancadas no âmbito das atividades do Congresso Nacional. Ao evitar contrariar a orientação partidária, Ramos evita uma série de represálias que poderia receber, como deixar de ser membro comissões importantes, perder a indicação para relatorias ou presidência da comissões e não ser mais vice-líder do PL.

Leia mais: