Disneyland.com

A Disney anunciou que irá cortar 32 mil empregos em atividades relacionadas a parques de diversões até o fim do primeiro semestre de 2021. O motivo é o impacto econômico da pandemia da COVID-19. Em setembro, o grupo anunciou a demissão de 28 mil empregos nos Estados Unidos.

Em meio à crise causada pela pandemia, a Disney divulgou no quarto trimestre (encerrado em 3 de outubro), um prejuízo líquido de US$ 710 milhões (cerca de R$ 4 bilhões).