G20: Paulo Guedes reforça compromisso do governo com a agenda de reformas
Ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: Marcelo Casal Jr.

A equipe econômica e líderes do Congresso pretendem levar ao presidente Jair Bolsonaro, ainda nesta semana, alternativas para viabilizar o Renda Cidadã. Uma das sugestões é cortar benefícios e subsídios tributários em até 25%.

De acordo com o que está sendo negociado, a ideia seria incorporar a medida à PEC dos Gatilhos, cujo relator é o senador Marcio Bittar (MDB-AP). Pelo cronograma tentativa, o objetivo seria votar a proposta no Senado na semana do dia 8 de dezembro e, na Câmara, na semana do dia 15.

O cronograma parece ser muito otimista e depende de amplo entendimento nas duas Casas. Além disso, como ela pode tratar de temas tributários, pode dificultar avanços na Reforma Tributária.

Na semana passada, o líder do MDB na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP), falou da possibilidade de votar a Reforma ainda em dezembro. Diante da falta de entendimento, prazo curto e agenda tumultuada, a possibilidade de votação é difícil.