Das 25 capitais brasileiras onde foram realizadas eleições para prefeito neste domingo (15), somente em 7 a definição ocorreu em primeiro turno. Porém, em todas elas a escolha do prefeito foi marcada pela continuidade. 

Em seis das capitais com resultado já definido o prefeito no ano que vem será o mesmo que atualmente está na prefeitura. A única dessas 7 capitais onde o atual prefeito não continua no cargo é Salvador – onde o novo novo ocupante do cargo é o atual vice-prefeito Bruno Reis (DEM).

Muitas dessas vitórias tiveram uma margem considerável entre o primeiro e o segundo colocado. É o caso de Belo Horizonte (MG), onde Kalil (PSD) foi reeleito com 63,36% dos votos. O segundo colocado, Bruno Engler (PRTB) teve 9,95% dos votos.

Em Salvador (BA) o primeiro colocado teve uma parcela ainda maior dos votos: Bruno Reis (DEM) conseguiu 64,20% dos votos válidos. 

A tendência de continuidade também é vista nos candidatos que foram para o segundo turno. Seis candidatos em capitais no segundo turno são prefeitos atualmente. A disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro é um caso mais específico: o atual prefeito,  Marcelo Crivella (Republicanos) compete com um ex-prefeito: Eduardo Paes (DEM).

Dos 13 candidatos a reeleição em capitais, somente um foi eliminado: Marchezan Júnior (PSDB), em Porto Alegre.

“Muitos prefeitos de capital conquistaram projeção durante o combate à pandemia, revertendo um cenário desfavorável a eles. A combinação da pandemia com a crise econômica gera uma demanda por renovação, mas também por experiência”, avalia o analista político da Arko Advice, Carlos Eduardo Borenstein.

Veja a lista de eleitos e reeleitos em primeiro turno:

Capital Candidato Situação Partido
Belo Horizonte Kalil Atual prefeito PSD
Curitiba Rafael Greca Atual prefeito DEM
Florianópolis Gean Loureiro Atual prefeito DEM
Salvador Bruno Reis  Atual vice-prefeito DEM
Natal Álvaro Dias Atual prefeito PSDB
Campo Grande Marquinhos Trad Atual prefeito PSD
Palmas Cinthia Ribeiro Atual prefeito PSDB

 

Disputas que vão para o segundo turno

 

Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) Já foi prefeito
Crivella (REP) Atual prefeito
São Paulo Bruno Covas (PSDB)

 

Atual prefeito
Guilherme Boulos (PSOL)
Vitória Delegado Pazolini (REP);
João Coser (PT)
Porto Alegre Sebastião Melo (MDB);
Manuela D’ávila (PCdoB)
Fortaleza Sarto (PDT);
Capitão Wagner (PROS)
São Luís Eduardo Braide (PODE);
Duarte (REP)
João Pessoa Cicero Lucena (PP);
Nilvan Ferreira (MDB)
Recife João Campos (PSB);
Marilia Arraes (PT)
Teresina DR Pessoa (MDB);
Kleber Montezuma (PSDB)
Goiânia Maguito Vilela (MDB);
Vanderlan Cardoso (PSD)
Cuiabá Abilio (PODE)
Emanuel Pinheiro (MDB) Atual prefeito
Manaus Amazonino Mendes (PODE);
David Almeida (AVANTE)
Belém Edmilson Rodrigues (PSOL);
Delegado Federal Eg (PATRI)
Rio Branco Tião Bocalom (PP)
Socorro Neri (PSB) Atual Prefeito
Porto Velho Hildon Chaves (PSDB) Atual prefeito
Cristiane Lopes (PP)
Boa Vista Arthur Henrique (MDB);
Ottaci (SD)
Maceió Alfredo Gaspar (MDB);
JHC (PSB)
Aracaju Edvaldo Nogueira (PDT)
Delegada Danielle (CIDADANIA)
Atual prefeito