Foto: Divulgação/Harvard

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta terça-feira (10) testes da vacina CoronaVac, contra a Covid-19. A vacina é desenvolvida pelo Instituto Butantan, em São Paulo, junto à farmacêutica chinesa Sinovac Biotech.

Segundo nota, a suspensão se deve a evento adverso ocorrido no dia 29 de outubro. De acordo com a Anvisa, esse tipo de interrupção é previsto e faz parte dos procedimentos de Boas Práticas Clínicas esperadas para estudos clínicos conduzidos no Brasil.

O Butantan declarou que o incidente não é um efeito da vacina. Em comentário no Facebook, o presidente Jair Boslonaro disse que “ganhou” do governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Em outubro, Bolsonaro chegou a negar publicamente que a CoronaVac seria adquirida para uso no Brasil.