As vendas do comércio eletrônico devem crescer 27% na Black Friday deste ano, em comparação com o evento no ano passado, podendo até impulsionar em 38% o desempenho do e-commerce para o ano de 2020, segundo a Ebit Nielsen, empresa de medição e análise de dados.

O faturamento do e-commerce cresceu 16,3% em 2019, chegando a RS$ 61,9 bilhões. A Black Friday de 2019 registrou alta de 23,6%, gerando R$ 3,2 bilhões para o mercado. “Os números para este ano são muito expressivos por refletir a adaptação do consumidor às compras online”, afirmou a líder da empresa, Júlia Ávila. “Nesta pandemia, o e-commerce se tornou um porto seguro ao substituir de forma eficiente e prática o ambiente físico”, complementou.

De acordo com o relatório, apesar da freada econômica no começo da pandemia, já há um processo de retomada, sobretudo a partir do último trimestre, devido a fatores como a inflação mais baixa e a bancarização da população brasileira a partir da criação de contas digitais para o pagamento do auxílio emergencial.

A Black Friday online vem fidelizando seu público com promoções reais, sendo o aspecto mais favorável para o crescimento a movimentação no e-commerce.