Jacinda Ardern, atual primeira-ministra da Nova Zelândia, conquistou o segundo mandato após eleição recorde realizada neste sábado (17). Ardern recebeu 49% dos votos, contra 27% de seu principal adversário.

Em discurso logo após o anúncio da vitória, a premiê ressaltou a importância histórica do apoio dos neozelandeses ao seu partido nesta eleição em um período tão conturbado. “Esta não foi uma eleição comum e não é um momento comum. Está cheio de incertezas e ansiedade, e nós nos propusemos a ser um antídoto para isso”, afirmou Ardern, que viu sua popularidade explodir no início de 2020 com suas ações eficazes para controlar a pandemia de Coronavírus no país.

Atualmente, o país erradicou a doença e nem isolamento social ou uso de máscaras são necessários por lá, devido aos fechamentos de fronteiras e bloqueios diversos quando a Nova Zelândia contava com 100 casos da doença.