Foto: Senado Federal/ Divulgação

O presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal, o senador Omar Aziz, será o relator do processo de indicação do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, para a vaga de ministro no Tribunal de Contas da União. Para ser oficializado na Corte de Contas, Oliveira precisa ser aprovado pelo Senado na sabatina que está marcada para 20 de outubro.

Segundo Aziz, a situação na CAE é otimista para a aprovação de Oliveira, indicado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, mas a votação também depende da aprovação do nome pelo Plenário do Senado, que deve ocorrer na mesma semana da votação na comissão.

Outra votação considerada crucial para o Palácio do Planalto ocorre no dia seguinte à de Oliveira: no dia 21, será a sabatina e votação do desembargador Kassio Nunes Marques para ele ocupar a vaga no Supremo Tribunal Federal, que ocorrerá no mesmo dia na Comissão de Constituição e Justiça e no Plenário do Senado.