Foto: Divulgação

O Parlamento Europeu rejeitou na quarta-feira (7) o acordo de livre comércio entre a União Europeia e o Mercosul. O plenário do Parlamento aprovou emenda ao relatório sobre aplicação da política comercial, enfatizando que o acordo não pode ser ratificado em seu formato atual.

A emenda obteve 345 votos a favor, 295 contra e 56 abstenções. O ato é meramente simbólico, mas reflete o ambiente difícil para implementação do acordo, em meio a diversas críticas de líderes europeus sobre a política ambiental do governo Jair Bolsonaro.

O acordo comercial foi negociado ao longo de 20 anos, mas ainda precisa ser ratificado pelos países que compõem a UE para ser efetivado.