Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

A ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, participou na última sexta-feira (2) da solenidade de abertura da 43ª edição da maior feira de agronegócio da América Latina, a Expointer Digital, no município de Esteio (RS), que foi realizada pela primeira vez em formato híbrido, com eventos tanto presenciais quanto virtuais, em virtude da pandemia de Coronavírus.

No evento, Tereza Cristina discursou exaltando os recordes de produção e exportações do Brasil em 2020, afirmou que sempre há zelo para manter a excelência e a qualidade da agropecuária, e enalteceu o presidente Jair Bolsonaro, agradecendo-o por seu apoio de sempre ao agro brasileiro. Além do presidente, a atual ministra homenageou Marcus Vinicius Pratini de Moraes, ex-ministro da Agricultura de suma importância para a abertura de vários mercados para a exportação da carne brasileira.

Também marcaram presença no evento o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o secretário de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do estado gaúcho, Covatti Filho, o presidente da Febrac (Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça), Leonardo Lamachia, e o presidente da Fetag (Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul), Carlos Joel Silva. Na comitiva da ministra Tereza Cristina, também estavam os secretários Fernando Schwanke (Agricultura Familiar e Cooperativismo), Orlando Leite Ribeiro (Comércio e Relações Internacionais) e Fernando Camargo (Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação).

Segundo o presidente do Simers (Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas), Cláudio Bier, o balanço é positivo, com algumas marcas vendendo mais do que na edição de 2019, que foi completamente presencial – foram mais de 70 mil acessos nos estandes virtuais das empresas, mais de 38 países foram representados na plataforma do evento, e foi garantida uma nova edição híbrida em 2021.