Foto: Leonardo Sá/Agência Senado

Presidente Jair Bolsonaro enviou mensagem ao Congresso Nacional nesta sexta-feira (4) solicitando a retirada da urgência para a tramitação da primeira etapa da Reforma Tributária. O projeto de lei unifica o PIS/Cofins na Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS).

Urgência trancaria a pauta de debates do plenário da Câmara dos Deputados a partir da próxima segunda-feira (7), o que impediria os deputados de deliberarem sobre outros projetos de lei enquanto este não fosse votado.

De acordo com articuladores do governo, a mensagem é para que a pauta do Congresso não seja trancada, e não significa que o tema tenha perdido a prioridade.