Arquivo/EBC

O Ministério Público Federal (MPF) anunciou nesta terça-feira (1) que o procurador Deltan Dallagnol não faz mais parte da força-tarefa da Lava Jato no Paraná. O motivo da saída é para que o procuradora possa “se dedicar a questões de saúde na família”.

Dallagnol coordena a Lava Jato desde 2014, quando a primeira operação foi deflagrada. Em suas redes sociais, o procurador disse que a decisão é difícil, mas que precisa se dedicar à sua família. Dallagnol será substituído pelo procurador da República no Paraná, Alessandro José Fernandes de Oliveira.