Carl de Souza/AFP

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou aos senadores a prorrogação do pagamento do auxílio emergencial, num valor de R$ 300, por mais quatro meses. Ele participou de audiência, na manhã desta terça-feira (1º), da comissão que acompanha as ações governamentais de combate à pandemia de covid-19 para prestar esclarecimentos aos parlamentares, como faz a cada dois meses.

Paulo Guedes aproveitou para se explicar sobre as críticas que fez à derrubada do veto, pelos senadores, do dispositivo que permitia o reajuste salarial ao funcionalismo público nos próximos anos. Ele esclareceu que o uso da expressão “crime” se referia ao voto, à derrubada do veto, e não aos parlamentares.

— Como forma de expressão, falei que foi um crime, mas a expressão foi me referindo ao voto, nunca contra o Congresso ou os senadores — disse Guedes.

O ministro elogiou o trabalho dos congressistas que auxilia o Executivo a manter empregos, a economia e a proteção social durante a pandemia. A comissão mista é presidida pelo senador Confúcio Moura (MDB-RO).

Fonte: Agência Senado