Foto: Shealah Craighead/Casa Branca

A recomendação do governo americano, feita em 19 de março, para evitar viagens internacionais foi suspensa no dia 6 de agosto. A medida previa um esforço para evitar a proliferação do novo coronavírus, mas o governo norte-americano optou por classificar o nível de alerta de acordo com o surto do vírus em cada país.

Segundo a nota divulgada pelo Departamento de Estado, as orientações específicas para cada país são necessárias já que as condições de saúde estão melhorando em alguns locais e potencialmente se deteriorando em outros.

A recomendação classifica os países em 4 níveis de alerta, dependendo da situação do surto do vírus em cada país. O Brasil é a segunda nação com mais casos no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, e está classificado em nível 4, ou seja, fica mantida a recomendação para que não sejam feitas viagens ao país.