Foto: Ueslei Marcelino

O vice-ministro da Saúde da Rússia, Oleg Gridnev, disse que o país irá conceder o registro para a primeira vacina contra a COVID-19 no dia 12 de agosto. O anúncio foi feito na sexta-feira (7). Na ordem de vacinação, idosos e médicos terão prioridade.

O ministro da Saúde russo, Mikhail Murashko, anunciou e, 1º de agosto que o governo estava se preparando para vacinação em massa da população já a partir de outubro. Entretanto, a rapidez e falta de transparência com os resultados levantaram suspeita da comunidade internacional sobre a real eficácia da vacina.