Foto: Agência Brasil

Verba será repassada por meio do Fundo Clima, criado para combater as mudanças climáticas no Brasil

 

O Ministério do Meio Ambiente vai repassar R$ 350 milhões ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o financiamento de projetos relacionados ao meio ambiente. A transferência foi anunciada pelo Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, nesta terça-feira (4). O dinheiro é proveniente do Fundo Clima e deve custear projetos de combate às mudanças climáticas, principalmente nas áreas de saneamento e resíduos sólidos.

“Estamos transferindo os R$ 350 milhões para que o BNDES possa aprovar os projetos de combate, mitigação e adaptação das mudanças climáticas, notadamente aqueles que têm relação com saneamento e gestão dos resíduos sólidos, que são agenda de qualidade ambiental urbana, aliada ao tema de mudanças climáticas”, disse Salles.

De acordo com o BNDES, os empréstimos são feitos a custos atraentes. Cada projeto pode pegar até R$ 30 milhões a cada 12 meses.

O dinheiro do Fundo Clima, criado em 2009, também pode ser usado na modernização de equipamentos para diminuir a emissão de gases poluentes. São exemplos de projetos que já recorreram aos recursos do fundo: o desenvolvimento do VLT do Rio de Janeiro e a Geração de Energia no Aterro de Caeiros, em São Paulo. Empresas também usam o recurso para a instalação de painéis solares.