Foto: Henry Nicholls/Reuters

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou nesta sexta-feira (31) a decisão de adiar em pelo menos duas semanas a nova fase da flexibilização do confinamento no país. A decisão foi tomada frente ao aumento do número de casos da COVID-19.

Inicialmente, a previsão era que novas flexibilizações começassem a valer no sábado (1). Johnson disse, no entanto, que “agora devemos apertar o pedal do freio” para controlar a quantidade de infecções.

A nova fase de flexibilização consistia na reabertura de casinos, pistas de boliche e patinação e salas de espetáculos. Além disso, seriam permitidas novamente festas de casamento com até 30 pessoas.

Também foi anunciado que, a partir de 8 de agosto, será obrigatório o uso de máscaras em museus, cinemas e locais de culto. Antes, a norma era aplicada apenas em comércios.