Bryan Woolston / REUTERS

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, levantou nesta quinta-feira (30) a possibilidade de adiar as eleições marcadas para 3 de novembro. Neste pleito, Trump tenta a reeleição para a Presidência. A data, no entanto, é definida em Constituição e precisa ser alterada com autorização do Congresso.

Trump sugere a possibilidade de fraude eleitoral se as pessoas tiverem de votar pelo correio por causa da pandemia da COVID-19. Em postagem na sua conta do Twitter, Trump disse: “Com voto por correspondência universal (não a ausência de votos, o que é bom), as eleições de 2020 serão as mais imprecisas e fraudulentas da história das eleições. Será um grande constrangimento para os EUA. Adiar as eleições até que as pessoas possam votar apropriadamente e seguramente?”.