Gustavo Sales/Câmara dos Deputados

Nesta terça-feira (28), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) reuniu a frente ambientalista, representada pelos deputados Rodrigo Agostino (PSB-SP), Alessandro Molon (PSB-RJ) e Enrico Misasi (PV-SP) e a frente do agronegócio, representada pelos deputados Zé Vitor (PL-MG) e Zé Silva (Solidariedade-MG).

A proposta da reunião era iniciar um diálogo e tentar articular uma pauta comum sobre economia verde e preservação do meio ambiente no Congresso Nacional. O coordenador da frente ambientalista, Rodrigo Agostinho, afirmou que foi “uma virada ambiental”. Já Zé Vitor, afirmou que “foi uma atitude bem positiva do presidente Maia. […] Nós, do setor agro, somos os primeiros a querer tratar desse assunto”.

Durante o encontro, Molon apresentou um novo projeto que prevê a decretação do estado de emergência climática no Brasil, estabelecendo a meta de redução dos gases de efeito estufa até 2050 por meio de políticas para a transição sustentável.

Na manhã de hoje (29), os representantes da frente ambientalista se reunirão na liderança do PSB para definir as pautas que serão aderidas pelo grupo.