Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O governo de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (27) a alteração de critérios que determinam a transição de fases no Plano São Paulo, e a flexibilização da quarentena para liberar a retomada de mais atividades econômicas. Um exemplo é que as cidades não poderão passar para a fase verde se não permanecerem ao menos quatro semanas na fase amarela.

Também foi alterada a taxa máxima de ocupação de leitos de UTI necessária para que as cidades do estado avancem de fase. Antes, o número era de 60%. Agora, é entre 70 e 75%. Além disso, pode se passar a considerar como critério de transição da fase amarela para a verde a quantidade de internações a cada 100 mil habitantes.

A última atualização indica que nas últimas 24 horas, foram registrados 3.672 casos de COVID-19. No total, são 487.654 infectados. Nas últimas 24 horas também foram registrados 70 novos óbitos. No total do estado, já faleceram 21.676 pessoas.