Foto: Sergio Lima/Poder360

Na noite de domingo (26), a Rede Sindical Brasileira UNISaúde iniciou um pedido de ação contra o presidente da República Jair Bolsonaro no Tribunal Penal Internacional (TPI), em Haia, na Holanda.

A denúncia sustenta que a gestão da pandemia de coronavírus no Brasil pelo presidente foi irresponsável e que há indícios de que Bolsonaro cometeu crime contra a humanidade ao adotar ações “negligentes e irresponsáveis, que contribuíram para mais de 80 mil mortes pela doença no país”.

As entidades filiadas à Rede Sindical representam mais de um milhão de trabalhadores da saúde, em 18 estados brasileiros e no Distrito Federal. “O governo Bolsonaro deveria ser considerado culpado por sua insensível atuação frente à pandemia e por recusar-se a proteger os trabalhadores da saúde do Brasil assim como a população brasileira, à qual ele prometeu defender quando se tornou presidente”, afirmou Marcio Monzane, secretário regional da UNI Americas.