Foto: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) perdeu a vice-liderança do governo no Congresso. Segundo os dirigentes do partido, é provável que Kicis e outros cinco deputados que votaram contra a PEC do Fundo Nacional de Educação Básica (Fundeb), sejam expulsos da sigla. Essa é a primeira representação que chega ao conselho de ética do PSL.

Além de Bia Kicis, os deputados Chris Tonietto (RJ), Filipe Barros (PR), Luiz Phillipe de Orleans e Bragança (SP), Junio Amaral (MG) e Márcio Labre (RJ) foram contra a PEC. A expectativa é que a representação contra eles chegue até a próxima terça-feira (28) no conselho de ética do PSL.

O presidente do partido em São Paulo e vice-presidente nacional, deputado Júnior Bozella, afirmou que “é um absurdo os diversos posicionamentos contrários à sociedade vindos desses deputados bolsonaristas, que no final acabam maculando a imagem do PSL”.