Foto: Pedro França/Agência Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), optou por não votar a Medida Provisória (MP) nº 927/2020, que altera regras trabalhistas durante o período da pandemia de Covid-19.

Alguns senadores manifestaram-se contrários à MP e, por não haver acordo para a votação, Alcolumbre encerrou a sessão. A matéria expira no domingo (19), mas o presidente da Casa afirmou que ela não será votada esta semana. Com isso, a MP vai perder a validade.

“Infelizmente essa medida provisória veio com muitos problemas. Veio com mais de mil emendas da comissão. Acabou que o que se desejava da sua eficácia imediata se transformou em um problema em relação aos direitos trabalhistas. Isso vem dificultando a votação dessa matéria”, afirmou o presidente.