Foto: Divulgação

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (14), algumas emendas do Senado para o projeto de lei 1826/2020, de autoria dos deputados Fernanda Melchionna (Psol-RS) e Reginaldo Lopes (PT-MG), que prevê o pagamento de compensação financeira de R$ 50 mil aos dependentes de profissionais da saúde mortos por Covid-19.

As emendas incluem fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes sociais, profissionais que trabalham com testagem nos laboratórios de análises clínicas, trabalhadores dos necrotérios e coveiros, e todos aqueles cujas profissões sejam reconhecidas pelo Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) e que atuam no Sistema Único de Assistência Social (Suas) no rol de beneficiários.

Segundo a parlamentar Fernanda Melchionna, além dos profissionais que perderam suas vidas na linha de frente de combate ao coronavírus, também há aqueles saudáveis que “não conseguem ir para casa por medo de contaminar seus familiares”.