Foto: Divulgação/Ciclo Vivo

O Ministério do Meio Ambiente anunciou nesta sexta-feira (3) o Programa Floresta +, que tem como objetivo valorizar a preservação da floresta nativa do Brasil. O projeto-piloto destinará R$ 500 milhões para a conservação da Amazônia Legal.

Segundo o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, “esse é o maior programa de pagamento por serviços ambientais no mundo, na atualidade”. O programa terá a participação do setor privados e recursos internacionais.

Poderão participar do incentivo pessoas físicas ou jurídicas, grupos comunitários ou familiares, que executam atividades de serviços ambientais em áreas mantidas por cobertura de vegetação nativa.