Foto: Sebastião Moreira/EFE

O ex-advogado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) Frederick Wassef disse em entrevista à revista Veja que ofereceu abrigo a Fabrício Queiroz após ter recebido informações que o mesmo poderia ser assassinado. Também disse que havia um plano para incriminar o presidente Jair Bolsonaro.

“Passei a ter informações de que Fabrício Queiroz seria assassinado. O que estou falando aqui é absolutamente real. Eu tinha a mais absoluta convicção de que ele seria executado no Rio de Janeiro. Além de terem chegado a mim essas informações, eu tive certeza absoluta de que quem estivesse por trás desse homicídio, dessa execução, iria colocar isso na conta da família Bolsonaro”, disse Wassef.

A entrevista completa pode ser lida aqui.