Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Pesquisa Datafolha mostra que a avaliação ótimo/bom do governo Jair Bolsonaro oscilou de 33% para 32% de maio para junho. A regular passou de 22% para 23% e a ruim péssimo de 43% para 44%. Ou seja, o episódio Queiroz não desgastou a imagem do presidente. A sondagem foi feita nos dias 23 e 24.

A rejeição ao governo é de 44%, ante 43% da rodada anterior, enquanto os que avaliam Bolsonaro como regular estacionaram nos 23% (eram 22%).

Bolsonaro segue com o mesmo perfil de aprovação. O rejeitam mais jovens (16 a 24 anos, 54%), detentores de curso superior (53%) e ricos (renda acima de 10 salários mínimos, 52%).

Moradores da região Sul, reduto bolsonarista, aprovam mais o presidente: 42% o acham ótimo ou bom.

Na mão contrária, pessoas de 35 a 44 anos (37%), empresários (51%) e os que sempre confiam em Bolsonaro (92%) são os mais satisfeitos com a gestão do presidente.